9 de maio de 2011

48ª Semana das Vocações

A vocação cristã e, dentro desta, a vocação de especial consagração, pertence à dinâmica teológica de Deus. De facto, na Sagrada Escritura, Deus não é nunca apresentado como motor: Deus não move, não empurra. Deus não impõe. Simplesmente propõe, Deus chama.
Por isso, dizemos que a vocação pertence à dinâmica de Deus. Mas é uma realidade altamente complexa. É qualquer coisa única e irrepetível que se verifica no diálogo amoroso entre Deus e o homem. É uma realidade dinâmica que se confunde com a própria vida humana (Populorum Progressio, 15). Pode dizer‑se que o homem nasce para a vocação, para ser chamado. 


0 Comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More