13 de abril de 2009

Crise: IPSS não conseguem ajudar quem precisa

A actual crise financeira está a apertar os orçamentos das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), que estão com graves problemas financeiros.
Sem as identificar, o Presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade revela que há quatro IPSS à beira do encerramento, isto depois de o Governo ter garantido apoios.
O Executivo não vai criar nenhum fundo de emergência, como pretendia a Confederação Nacional das Instituições Particulares de Solidariedade Social… no entanto, compromete-se apoiar as instituições que se encontram em situação mais grave.
“Há garantias da parte do Governo que, caso a caso, haverá uma forma de resolver a situação” – explicou o Padre Lino Maia, presidente da CNIS
Neste momento há 4 instituições de Solidariedade Social que correm o risco de fechar portas… mas há várias dezenas em grandes dificuldades devido à diminuição das comparticipações dos utentes.
O Padre Lino Maia adianta ainda que as negociações com o Governo vão continuar para que seja definida uma politica mais justa de apoio ao sector social.

Ecclesia

0 Comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More