11 de fevereiro de 2009

Crianças navegam na Internet sem o controlo dos pais

"Se um dia a Internet faltasse na minha casa eu ficava nervoso." Este podia ser o sentimento de alguém que precisa da Internet para trabalhar. Mas não é. Tomás tem 9 anos e já não sabe viver sem estar ligado ao mundo. Como ele, são cada vez mais as crianças portuguesas que navegam na Rede diariamente e a maioria (67%) sem a vigilância dos pais. (ler mais)

0 Comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More